domingo, 24 de janeiro de 2010

Tomai, Senhor, e recebei
toda a minha liberdade,
a minha memória,
o meu entendimento
e toda a minha vontade,
tudo o que tenho e possuo;
Vós mo destes;
a Vós, Senhor, o restituo.
Tudo é vosso,
disponde de tudo,
à vossa inteira vontade.
Dai-me o vosso amor e graça,
que esta me basta.
Santo Inácio de Loyola

2 comentários:

Nova Civilização disse...

como é importante nos sentirmos livres. Sem amarras que nos impedem de encontrar verdadeiramente o caminho que nos leva Deus e a Ele dedicá-la!

obrigada pela partilha,

abraços fraternos,

Gisele

33catolico disse...

Pe. Marcelino como sempre o senhor sabe escolher as orações que tocar no fundo da alma.
Santo Inácio disse uma vez: "O amor deve consistir mais em obras que em palavras", e o senhor está fazendo acontecer à obra de Deus através de belas palavras, parabéns.
Em outubro de 2009 relatei ao senhor da minha felicidade por ter um irmão seminarista, pois bem a felicidade aumentou, pois em dezembro pelas mãos de nosso Bispo Dom José Antonio ele ordenou-se Diácono.
Fique com Deus sob a intercessão da Sagrada Família.

33catolico - Ricardo e Marta – Com. São Paulo Apóstolo