terça-feira, 26 de janeiro de 2010

«Deixo-te a minha devoção pelos Três, pelo “Amor”.
Vive, no interior, com Eles no céu da tua alma; o Pai te cobrirá com a sua sombra, colocando como que uma nuvem entre ti e as coisas terrenas para te guardar toda sua, Ele há-de comunicar-te o poder para que o ames com um amor forte como a morte; o Verbo há-de se imprimir na tua alma, como num cristal, a imagem da sua própria beleza, para que sejas pura da pureza dele, luminosa, da sua luz; o Espírito Santo virá transformar-te numa lira misteriosa que, no silêncio, sob o toque divino, há-de produzir um magnífico cântico ao Amor; então serás “o louvor da sua glória”.
A Trindade, eis a nossa morada, o nosso “lar”, a casa paterna donde nunca devemos sair.»
Beata Isabel da Santíssima Trindade ocd

1 comentário:

Nova Civilização disse...

Padre Marcelino,

que assim seja!

O seu blog é uma benção muito grande para mim! Cada palavra nos post me deixa muito feliz. Expressa todo um carinho de Deus e acima de tudo ensimantos que nos enriquecem e nos enchem de vida.

obrigada sempre pelas partilhas que nos fazem crescer cada vez mais na fé!

abraços fraternos

Gisele