quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

...o meu olhar fixo no Seu...
"Porque Ele próprio foi provado pelo sofrimento, pode socorrer aqueles que sofrem provação" (Hb 2, 18).
Que alegria, que consolo, o nosso Deus, o meu Deus entende-me como ninguém, direi mesmo, entende-me melhor que eu mesmo. Sem me dar conta vem em meu auxílio...
Enquanto mantiver o meu olhar fixo no Seu, posso caminhar sobre as águas, a violência do vento e a fúria das águas não me assustam nem me impedem de caminhar, pois "sei em quem coloquei a minha confiança" (cf 2Tm 1, 12).
Até mesmo, quando a violência do vento e a fúria das águas me atraem, desviam o meu olhar do Seu e começo a afundar-me nas águas agitadas, sempre posso gritar com Pedro: "Senhor, salvai-me que pereço" (cf. Mt 8, 25). Ei-lO que me estende a Sua mão e me resgata. Ei-lO que me introduz e guarda no Seu Coração Misericordioso, na segurança da Sua Barca...
Volto a fixar o Seu rosto, a mergulhar o meu no Seu olhar... e eis que o vento dá lugar à bonança, as águas transformam-se num límpido e sereno lago, a tempestade acalma... volta a serenidade e sou inundado da Sua Paz.

2 comentários:

Nova Civilização disse...

Padre Marcelino,

obrigada por tantas palavras que nos enchem de vida!

"...as águas transformam-se num límpido e sereno lago, a tempestade acalma... volta a serenidade e sou inundado da Sua Paz."

abraços fraternos,

Gisele

Água Viva disse...

Pax
Gisele, muito obrigado pelas visitas e comentários ao "meu/nosso" blog. Muito obrigado pelos simpáticos e generosos comentário.
Se os desabafos da alma - sejam meus ou de outros, mas assumidos como meus - ajudarem a quem os lê, como a mim me ajudam, na busca de Deus e forem ajudando a saciar a sede que d'Ele temos (ainda que seja uma gota de água no oceano) fico feliz.
Juntos na busca de Deus..., juntos no desejo e no esforço de tornar a nossa vida parecida, cópia da Sua, pois caminhamos para o "Já não sou eu que vivo mas é Cristo que vive em mim".
Um grande abraço
P. Marcelino Caldeira